Saltar Links

NÃO SE GUIE PELAS ESTRELAS!

Compartilhar

Não se guie pelas estrelas!

Posso me considerar um homem de sorte se, do clique do google que te guiou a esse artigo, a passar pela imagem e títulos você for um dos marujos valentes que vai ler esse texto até o final. Mais sorte ainda eu tenho se você estiver atento, de preferência se as sereias não estiverem cantando na sua nova nova playlist, o que te faz dançar e cantarolar o tempo inteiro enquanto seus colegas de trabalho dão risada.

Isso tudo é muito bom, mas onde esse barco vai te levar hoje?

Imagino que esteja cheio de demandas, carregado de trabalho, mas não sabe nem por onde começar, ou se já começou aposto que já perdeu o foco ao menos umas 1.750 vezes no dia. Hoje temos quase tudo que precisamos na palma da nossa mão. Uma simples pesquisa de palavras chave e alguns cliques te levam direto pra sua necessidade.

Mas esse mar está cheio de armadilhas, e guarda surpresas! Nesse caminho as pesquisas te direcionam constantemente para onde você não gostaria de ir, propondo anúncios, compras, cadastros, e afins. E é aí que mora o grande Leviatã, o imenso Kraken pronto pra te levar pro fundo do mar.

Hoje em dia lidamos constantemente com a falta de foco e produtividade no trabalho. Em parte esse déficit de atenção se dá às novas formas de comunicação digital: instagram, facebook, twitter, youtube, whatsapp, junto com esses direcionamentos para promoções, vendas, compras, eu como publicitário conheço bem. A internet como um todo se mostra um verdadeiro cruzeiro com passagem só de ida, só basta abrir o navegador e está lá, um monte de novidades, divertimento, conteúdo, distrações. Hoje, mais no que nunca, a internet se tornou também ferramenta de trabalho, e enquanto navegamos nos perdemos por horas nesse mar imenso, e muitas vezes ao invés de trabalhar, nos pegamos perdidos no balanço contemporâneo, indo de um lado para outro, mais rápido do que podemos perceber, ás vezes ficamos tanto na internet que nos pegamos com vista cansada, até uma pequena náusea e/ou tonteira. Bom, espero que não com náuseas, porém presumo que foi dessa forma, de um lado a outro, de uma pesquisa e clique que você chegou até aqui.

Nessa falta de foco, perdemos todo o tempo do dia, não usamos da maneira certa nosso navegar de bordo, nossa bússola, e depois de perdermos o que poderia adiantar nossa viagem, nos deparamos com a urgência, e o que fazer?! Se guiar pelas estrelas?! Por favor não, né?!


Bom meu amigo(a) viver sem internet não dá, e essa falta de concentração está refletindo na vida de todo marujo que tem acesso ao que deveria ser um lindo coral chamado world wide web. Então o que fazer para escapar dessa? Se você não sabe para que lado fica o cruzeiro do sul, as três marias, a ursa maior, é melhor prestar bastante atenção, porque você está correndo o risco de, enquanto procura se localizar e ter mais produtividade no seu trabalho, acabar esbarrando em um iceberg e ir pro fundo do mar?

Muita gente hoje em dia tem recorrido a técnicas como meditação, yoga, academia, esportes, artes, psicólogos e claro, a nós instituições de coaching. É comum recebermos clientes buscando melhoria em seus métodos para otimizar o seu tempo, aumentar a produtividade e enfim ter de uma vez por todas o leme em suas mãos e assumir o controle desse barco.

As tentativas são inúmeras, portanto muito cuidado com onde e como procura essas soluções, e foi pensando com muito carinho no conteúdo que produzi para você leitor(a) que separei 2 trechos de leituras incríveis, e autores a quem atribuo credibilidade.Técnicas pra você ir de vento em poupa diretamente pra onde você quer chegar, concluir seu itinerário e atracar numa boa praia paradisíaca no final de sua viagem. Então desce a âncora e fica aqui um minutinho, porque vou dar uma de papagaio de pirata e contar as dicas que eu separei pra você!

O Mapa!

Toda aventura começa ainda em terra, no planejamento, olhando o mapa, e definindo rota e suprimentos para a viagem.
 De preferência antes de sair em mar aberto, trace seus projeto, suas atividades, sejam eles trabalhos, ou metas pessoais.

 

Pra ficar bem claro do que é que eu estou falando veja esse trecho do Livro ‘’Mindset’’ de Carol S. Dweck – Professora de Psicologia da Universidade de Stanford e especialista em sucesso e motivação.

‘’O que dá certo é fazer um plano nítido e concreto: Amanhã, durante meu intervalo, vou tomar uma xícara de chá, fechar a porta do escritório e ligar para a universidade.’’

Nesse trecho ela descreve um exemplo que pontua Quando? Onde? e O quê? vai de fato realizar. A autora explica que especificando as atividades propostas dessa maneira, os níveis de acompanhamento são mais elevados, fica mais fácil visualizar a atividade, e, dessa forma, mais fácil concluir. Estará pronta a sua rota!

Levantando a âncora, soltando as cordas! Veja esse trecho do livro ‘’Como Vender na Crise e Aumentar os Lucros no Varejo’’ de Magno A. Sipaúba – conselheiro consultivo da Harward Business Review, e nosso CEO.’’

‘’Comece a fazer declarações sobre seus ganhos, o que você terá quando alcançar seus objetivos. Exemplo: ‘’quando alcançar meu objetivo vou ganhar prestígio por parte da minha liderança, serei reconhecido no meu trabalho, meus filhos ganharão pois terei condições de proporcionar um nível melhor de educação, minha esposa ganhará?…’’

O autor explica que quanto mais você souber discorrer sobre os ganhos, e quem irá se beneficiar com suas conquistas maior será o grau de relevância, e quanto maior for grau de relevância, maior será o nível de foco e concentração para realizar seus maiores objetivos. Nesse mesmo livro, na página anterior o autor discorre sobre como se manter motivado e como isso pode, por exemplo te gerar mais três contratos por mês e um montante ao fim do ano que pode te gerar um carro, ou uma boa viagem por exemplo.
 Bom, analise o exemplo citado por Carol S. Dweck. No exemplo da ligação para a universidade, caso o eu lírico, resolva também discorrer sobre os ganhos, o nível de relevância e concentração vão lá em cima, dessa forma essa ligação se torna quase impossível não ser feita. 
 O mesmo pode ocorrer com as suas atividades e objetivos. Tomando conta do leme!
 Ok, você tem planejamento, foco, concentração, e sabe quais os reais benefícios que sua organização e planejamento vão trazer pra você, mas se tem a memória ruim como a da minha esposa, e não quer perder a oportunidade de dar rumo aos seus projetos, pegue seu celular, anote na agenda, coloque então pra despertar com data e horário. Não se esqueça de tirar do silencioso e pronto, na hora que o alarme tocar “terra à vista” você vai ter toda a motivação necessária pra fazer o que é importante antes que se torne urgente.
 Sempre funciona ;D …
 É isso, aproveite o resultado! Volte aqui pra nos contar como foi sua experiência. Ou manda um pombo correio rsrs. Um abraço! A gente se vê no caribe!

Comentários

Entre na discussão